Voluntariado

Publicado por José Geraldo Magalhães em Social  |  13/09/2013 às 23:42:52

Precisa-se de voluntários/as

 

Conheça alguns projetos da Igreja Metodista que existem graças à fé e à dedicação voluntária

Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Mateus 25 35-36.

 


Voluntários do Projeto Varjada em frente a casa de alvenaria recém-construída em regime de mutirão.


Talvez você tenha descoberto, no livro de Tiago, que a fé, sem obras, é morta (2.17). Talvez você esteja cansado de ir à igreja como quem vai a um clube. Talvez, em vez de "ir à igreja"  você queira "ser igreja", dentro e fora das quatro paredes do templo. E o Espírito Santo esteja clamando, dentro de você, para dar alimento, abrigo, consolo e horizontes a quem necessita.

Mas talvez você não saiba exatamente o que fazer, e como. Então, saiba que a Igreja Metodista mantém, em todo o país, projetos missionários que contam com a sua ajuda e de muitos outros voluntários e voluntárias. São projetos nos quais você pode se engajar, individualmente, ou que podem servir de inspiração para a implantação de iniciativas semelhantes na sua igreja local ou no seu distrito.

Desenvolver trabalhos de promoção humana exige cuidadosa preparação, organização, investimento de dinheiro, talentos e tempo. Iniciativas de maior abrangência podem ser inviáveis para igrejas pequenas; tornam-se, porém, realidade quando há união de forças. E pequenas iniciativas, de âmbito local, também podem fazer grande diferença na vida de uma pessoa. "Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes" (Mt 25.40).

Mutirão transformador

Uma cidade que receba os projetos Uma Semana pra Jesus, Três Dias para Jesus ou Julho para Jesus nunca se esquece. Uma multidão de pessoas chega à cidade uniformizada, cantando, animando as ruas e oferecendo serviços aos quais muita gente tem pouco ou nenhum acesso: atendimentos médico, odontológico, jurídico e psicológico; palestras e atendimentos de saúde, higiene e aparência pessoal; oficinas de artesanato, evangelização, música, teatro, e até construção! Quando eles vão embora, deixam mais saúde, esperança e um sopro de transformação.

Foi como uma iniciativa de vários leigos e leigas, dirigentes de Federações de Homens e Mulheres da Quinta Região Eclesiástica (que abrange cidades do interior de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal e Tocantins), que nasceu o primeiro Projeto Missionário "Uma Semana Pra Jesus", em 1996. Neste ano, o evento acontece no Mato Grosso, na cidade de Lucas do Rio Verde, de 17 a 24 de julho.

No norte do país, a cidade paraense de Marabá, foi escolhida para receber o projeto Três Dias para Jesus,de 10 a 12 de outubro de 2009.

Ainda há tempo de se inscrever no projeto Três Dias para Jesus, em Marabá, bela cidade distante cerca de 500 quilômetros da capital, localizada no ponto de encontro dos rios Tocantins e Itacaiunas. Todos a ajuda é bem vinda pois, além dos atendimentos especializados nas áreas de saúde, construção civil e educação, há todo tipo de trabalho de suporte, toda a ajuda é fundamental para a concretização do projeto. A Igreja Metodista de Marabá é pequena, em número de membros e precisa de ajuda. Contato para inscrição:   Profa.Alcinara Jadão:  094-91784713 / 094-81470030 alcinarajadao@yahoo.com.br ; alcinara.maraba@hotmail.com

Construção de horizontes

Melhorar as condições de moradia, higiene, saúde e de economia das famílias, por meio da construção de cisternas, casas e geração de renda é o objetivo do Projeto Varjada, realizado no município de Passira, Pernambuco, pela Igreja Metodista, ONG Habitat para a Humanidade Brasil, Visão Mundial e várias outras instituições parceiras. O reconhecimento deste trabalho demonstra que as metas têm sido atingidas. O Projeto Varjada foi um dos vencedores do Prêmio "Caixa Melhores Práticas 2007/2008", promovido pela instituição bancária para apoiar projetos que promovamsustentabilidade, habitação, desenvolvimento local, inclusão social e gestão ambiental.

Varjada é uma comunidade situada na zona rural do município de Passira, a 112 km de Recife. A comunidade é formada por agricultores e bordadeiras, que atuam na economia formal e informal. Cerca de 40% das famílias sobrevive com menos de um salário mínimo. Antes do início do projeto, 90% das famílias não tinham um reservatório de água. Quase a metade das moradias da região é de taipa, sem reboco ou acabamento, tornando-se esconderijos de insetos, principalmente o Triatoma, mais conhecido como barbeiro, o principal transmissor da Doença de Chagas.

Graças ao Projeto Varjada, hoje já existem 50 cisternas de placas com capacidade para armazenamento de 14 mil litros d´água, beneficiando mais de 200 pessoas diretamente.Cinqüenta casas de alvenaria já foram levantadas em regime de mutirão, que contou com metodistas do Brasil e do exterior.

A partir das demandas da comunidade, foram realizadas reuniões com o prefeito que se comprometeu a construir o Posto de Saúde e da escola para ampliação do ensino na comunidade. Até que o posto fique pronto, a Igreja e a ONG Habitat mantém um médico e uma enfermeira para atendimentos de emergência.

Você pode participar mobilizando fundos para patrocinar a construção de casas ou participando de mutirões de construção. Entre em contato com o escritório nacional do Habitat: Rua Monte Castelo, 270 - Bairro Boa Vista - Recife - PE - Brasil

CEP: 50.050-310 Tel. 55 (81) 3221-3137 E-mail: info@habitatbrasil.org.br  / www.habitatbrasil.org.br/projetos/regiao-nordeste/varjada/projeto-varjada

Oferta de liberdade

A Pastoral Carcerária não é um trabalho fácil. "Costumo dizer que o ir ao presídio sempre vai ser para uma minoria (dado ao fato de ser uma unidade de segurança e haver restrições de acesso compreensíveis)", diz o coordenador da Pastoral Carcerária da Primeira Região Eclesiástica, pastor Edvandro Machado Cavalcante. Mas isso não significa que o trabalho dispense ajuda. O envolvimento externo das igrejas locais e instituições é fundamental para a existência desta obra. Além da visitação, feita por agentes religiosos credenciados, a Pastoral faz doações de material de higiene pessoal (sabonete, desodorante, absorvente feminino etc.). Este ano também começou um projeto de qualificação profissional, inicialmente para a mulher encarcerada, denominado "Projeto Esperança" que consiste em cursos de corte e costura e artesanato.    

Segundo o pastor Edvandro, um fato que diferencia positivamente o trabalho metodista nos cárceres do Estado é a participação da Igreja nos conselhos e órgãos que garantam a dignidade da pessoa humana, imagem e semelhança de Deus. Por exemplo, o Conselho da Comunidade da Comarca do Rio de Janeiro, um dos órgãos de execução penal responsável entre outras ações pela fiscalização das unidades. Na busca de um modelo de evangelização que seja integral, a Pastoral Carcerária realiza ações assistenciais, pastorais, políticas. Há, portanto, trabalho para todos. O e-mail de contato é edvandromachado@yahoo.com.br, e podem ligar para a sede regional - (21) 2557-3542 e (21) 2557-7999.

Esperança na educação

O Sombra e Água Fresca é uma rede de projetos da Igreja Metodista no Brasil, desenvolvida pelas igrejas locais e instituições para atender crianças e adolescentes de 6 a 14 anos. As igrejas são desafiadas a organizar atividades extra-escolares para crianças e adolescentes entre 6 e 14 anos, contribuindo para seu desenvolvimento físico, intelectual, emocional, espiritual e social. Todo o trabalho é voluntário e deve contar com o apoio oficial e a colaboração da igreja. Baseados nos recursos disponíveis: materiais, físicos e humanos, a equipe local deve propor as atividades e os dias de funcionamento. Teca Greathouse, coordenadora nacional, eRosicler Ribeiro dos Passos, secretária executiva, recomendam que o projeto funcione de 2 a 3 vezes por semana, em horário alternado à escola dos/as participantes. A equipe local do projeto deve participar de reuniões de capacitação e, se possível, envolver também a comunidade do bairro, buscando parcerias para a manutenção e desenvolvimento do projeto. Contatos: Avenida Piassanguaba nº 3031 - Planalto Paulista, São Paulo - SP - CEP 04060-004 Tel: (11) 2813.8600. E-mail: projetosaf@yahoo.com.br

Força jovem

O projeto "Jovens Mãos à Obra" é uma iniciativa da Federação Metodista de Jovens da 1a. RE, que forma equipe de jovens voluntários para atuar na área de construção civil, ajudando em trabalhos de restauração e reparos dos templos metodistas, prédios educacionais e instituições de forma geral. Esse projeto começou em 2007 e o primeiro trabalho, que contou com a participação de 50 jovens, ocorreu quando a Igreja Metodista da Gamboa fez o convite para que realizassem a limpeza e pintura do local.

Este ano, o projeto "Jovens Mãos à Obra" acontecerá nos períodos de 13 a 25 de junho e de 19 a 26 de junho, no Instituto Central do Povo ( ICP), e de 24 de julho a 29 de agosto, no Acampamento Clay. A Federação Metodista de Jovens, em parceria com o projeto Voluntários em Missão, da área de Expansão Missionária Regional, convida jovens que tenham domínio da língua inglesa para auxiliar no trabalho de reforma destas duas instituições junto a grupos de americanos, vindos da Carolina do Sul, Carolina do Norte e Atlanta. As pessoas que desejarem participar devem enviar um e-mail para femejo@gmail.com e solicitar a ficha de inscrição.

Viagem missionária

O Barco Hospital Saúde Integral realiza ação missionária em vilas e povoados ribeirinhos e indígenas e nas comunidades metodistas da cidade de Manaus. É possível desenvolver as seguintes ações: Escola Bíblica de Férias; testemunhos de fé; palestras educacionais; construção de igreja; atendimento medico/odontológico, (tanto em terra como em comunidades ribeirinhas a bordo do barco), evangelismo de rua, teatro etc. Há espaço, também, para o turismo ecológico. Os voluntários terão oportunidade de conhecer a beleza natural e a rica cultura da região. Para participar é necessário formar grupos entre 5 e 15 pessoas e reservar agenda. O grupo precisa custear suas próprias despesas de viagem eo custo dos atendimentos prestados, o que inclui a compradematerial e manutenção do barco. Contatos: Pastor Luis Augusto Cárdias Filho, fone: (92) 3082-3591, e-mail cardias@nettravel.com.br e cardiasmetodista@hotmail.com; Rev Deonisio Agnelo dos Santos, fone (92)9132-9950/3084-0488, e-mail revdeonisio@hotmail.com ; Pr Dimanei Lisboa, fone (92) 9142-2216, e-mail dimanei@hotmail.com

Seja Voluntário: Legislação

A Lei nº 9.608/98 caracteriza como trabalho voluntário a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive de mutualidade.

Esta lei estabelece que o trabalho voluntário esteja previsto em contrato escrito - o Termo de Adesão que destaca a não existência de vínculo trabalhista no serviço voluntário. Mais informações: www.voluntariado.org.br

Suzel Tunes

José Geraldo Magalhães Jr.

 

Tags:  sem tags no momento!


Comentários


BUSCA

FACEBOOK

DESTAQUES

Jornal Expositor Cristão novo site